Destaques

[Resenha] As crônicas de Bane, Cassandra Clare

Resenha do livro As cronicas de Bane
Mais um livro da minha saga preferida: Os Instrumentos Mortais / As peças Infernais. O incrível mundo dos Nephilins, caçadores de sombras .
As cronicas de Bane
Titulo: As Crônicas de Bane - The Bane Chronicles
Autora Cassandra Clare; Sarah R. Brennam; Maureen Johnson  Editora Intrínseca - ISBN 978-85-01-40396-4 - Páginas 388 - Ano: 2014 - Gênero Sobrenatural/ Young Adult
Classificação -    Skoob: Djéssica Prado

Sinopse: Nesta edição ilustrada, são narradas as mais diversas aventuras do feiticeiro imortal Magnus Bane, das aclamada séries de Cassandra Clare. Entre escapadas no Peru e resgates reais na Revolução Francesa, acompanhe fragmentos da vida do enigmático mago ocorridos em diversos países e períodos históricos, com aparições de figuras conhecidas como Clary, Tessa, Will e Alec, personagens de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais. - Skoob

Qualquer um que tenha lido os livros, ou  mesmo visto o filme - Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos, ou a serie da Netflix Shadowhunters, deve ter se encantado por Magnus Bane, O Alto Feiticeiro do Brooklyn. Em se tratando de atores ... estamos bem. Ambos gatos hahaha , e se encaixam ao meu ponto e vista, super bem na descrição e com o ator da arte da capa do livro. Mas confesso minha preferência por Harry. Adoro ele, e todos seus papeis.
Atores de Magnus Bane


Magnus é um personagem riquíssimo, tanto de historias quanto de cultura. Um ser do submundo, imortal, um famoso feiticeiro, que ama curtir a vida, roupas chamativas e se entregar a amores e libertinagem, de corpo e alma.    Com este livro conseguimos adentrar em sua longa vida, conhecendo seus antigos amores, suas desilusões - que são muitas, suas aventuras e peripécias pelo mundo, e principalmente como ele sempre ajudou aos caçadores de sombras. 
Veja a resenha de Cidade dos Ossos, primeiro livro da serie Os Instrumentos Mortais 

O livro contem muitos Spoilers. Aconselho a não lerem antes de toda a serie Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais. Dica de amiga, serio. O livro é composto por onze historias/contos, narrados em terceira pessoa, com uma capa holográfica linda, e belas ilustrações em quadrinho no inicio de cada conto. Um pouco de cada crônica:
O que realmente aconteceu no Peru: mostra as aventuras e loucuras que Bane, em meados do século XVIII e inicio do XIX, no Peru, junto a seus amigos de longa data e também feiticeiros Ragnor Fell e Catarina Loss. Dentre as aventuras está um navio pirata, fezes de morcegos, um tapete voador, a paixão e desilusão pelo musico - Imasu, praticou crimes com uma mundana - Kitty, e veio a ser banido permanentemente por "crimes impronunciáveis", e ate hoje não sabe quais crimes são esses.
"Magnus tinha aprendido  a ser cuidadoso em relação a entregar sua historia com seu coração. Quando as pessoas morriam, parecia que todos os pedaços que você entregou para ela iam junto. Demorava muito para se reconstruir e ser novamente inteiro, e jamais conseguia voltar a ser o mesmo." - Pag. 31
"Feiticeiros viviam eternamente, o que significava que testemunhavam um terrível e infinito ciclo do nascimento, da vida e da morte. Isso também os tornava testemunhas de, literalmente, milhões de relacionamentos fracassados. " - Pág. 33
A rainha Fugitiva: essa historia se passa em Paris, no século XVIII - antes de Peru. Ele se envolve na tentativa de fuga da Rainha Maria Antonieta e sua família, que envolveu um belo Conde, um clã de vampiros, e uma fuga de balão. Por irritar os vampiros, pode se considerar quase expulso de Paris também.
Vampiros, bolinhos e Edmund Herondale: Londres, 1857 - Entre reuniões no Instituto dos caçadores de sombras de Londres, tentando redigir acordos de paz, junto com outros integrantes do submundo, a flertes com a vampira Lady Camille Belcourt, conhece Edmund Herondale, o futuro pai de Will Herondale, dos livros As Peças Infernais. Eles se conhecem de uma forma bem engraçada. O trecho é engraçado e esta abaixo:
"-Afinal - pensou Magnus em voz alta para si mesmo -  pessoas atraentes e interessantes simplesmente não caem do céu. - Foi então que o Caçador de Sombras de cabelos louros que Magnus viu no Instituto deu um salto mortal do alto de um muro e aterrissou com graça na rua na frente dele. - Roupas maravilhosas feitas n Bond Street com coletes de brocado vermelho simplesmente não caem do céu! - proclamou Magnus aos Céus em mais uma tentativa. O jovem franziu a testa. - Como ?
- Ah, nada. Nada mesmo - disse Magnus - Posso ajudá-lo? Acho que não tive o prazer de conhecê-lo. (..) Nada menos do que quatro dos meus estimados anciões me alertaram a jamais conversar com você, então jurei que o conheceria. Meu nome é Edmund Herondale. Posso perguntar o seu ? Só se referiram a você como "aquela desgraça de feiticeiro exibido".
- Fico muito comovido com essa homenagem. Magnus Bane a seu dispor.
- Agora nos conhecemos - respondeu Edmund - Maravilha ! Você frequenta algum antro de pecado e devassidão ? - Pag. 94
Na volta de um clube, eles presenciam um demônio atacando uma dama na carruagem. Eles a salvam, e Edmund conhece a mulher de sua vida - Linette Owens, que o fez futuramente renunciar suas marcas, e a ser um caçador de sombras para se casar com ela. E ficamos sabendo o motivo dele ter uma Pyxis em casa - a que Will abre aos 12 anos e pensa ser amaldiçoado:
"Isso é uma Pyxis. Contem o espírito do primeiro demônio que destruí. Eu tinha 14 ano, e foi nesse dia que descobri o que nasci para fazer, o que nasci para ser: Caçador de Sombras" - Pág. 110
(..)"Não consigo acreditar na injustiça de ter encontrado uma mulher, neste mundo inteiro, que posso amar, e em como a Lei trata este sentimento que eu sei que é sagrado. Para ficar com ela devo pedir que meu amor arrisque a própria vida , uma vida que me é mais cara do que a minha própria? Ou será que eu preciso cortar a outra parte de minha alma, queimar o propósito da minha existência e todos os dons que o anjo me deu." - Pág. 111

O Herdeiro da Meia-Noite:  nesta historia Bane conhecerá um menino problemático, que na verdade é outro Herondale. Parece que o drama vem com o sobrenome. James Herondale - filho de uma amiga feiticeira Tessa Gray e Will Herondale, a quem ajudou a mais de vinte anos atrás. Vimos uma parte da historia com Tessa e Will casados com dois filhos, e Jem, o Irmão Zachariah virou um Irmão do Silencio. 
Também vemos Magnus sendo chamado por Tatiana blackthorn, filha  Benedict Lightwood, que adquiriu Varíola demoníaca e se transformou em demônio, sendo derrotado pelos caçadores de sombras em A princesa Mecânica, da serie As Peças Infernais.  Ela esta rancorosa com os caçadores de sombras, e solicita que ele a ajude a matar cinco deles. Ele também conhece Grace, uma menina misteriosa, adotada por Tatiana.
Ascensão do Hotel Dumort: Nova York, 1929 - Quando as bebidas ficam proibidas, durante a "Lei Seca", Magnus abre um bar clandestino, vivendo sua famosa libertinagem e bebedeira desenfreada. Vemos um pouco da historia do Hotel Dumort, casa dos vapiros, que aparece muito nos livros da serie Instrumentos Mortais.
Salvando Raphael Santiago: Nova York, 1953 - Magnus é contratado por uma senhora, chamada Guadalupe, para encontrar seu filho adolescente, chamado Raphael - esse é conhecido de todos nos rs. Esta historia, como as que envolvem os caçadores de sombras, é bem legal, pois no mostra como Magnus o ajudou a se tornar o vampiro que ele é nos livros. Eu gosto muito de personagem, além de ser detentor de um sarcasmo e língua afiada que o tornam encantador, se mostra forte na busca de treinar para conseguir voltar para sua família.
"Procure fadas para ouvir fofocas sobre vampiros, procure lobisomens para fofocas sobre fadas, e não fofoque sobre lobisomens, pois eles tentam arrancar seu rosto a dentadas: esse era o lema de Magnus." - Pág. 203
A queda do Hotel Dumort:  Nova York, 1977 - a cidade esta em caos, cheia de mortes e lixo por todo lado. Os vampiros estão sendo liderados por Camille, e estão viciados em drogas, que leva Bane, junto aos Licantropes a tentar mudar a situação antes que os caçadores fiquem sabendo.
O que comprar para o Caçador de sombras que já tem tudo (mas que você não está namorando oficialmente) : atualmente - aqui vemos uma Magnus atual, dos livros de os Instrumentos Mortais. Ele esta sofrendo -literalmente, pois não sabe o que dar para seu namorado - não oficia - Alec Lightwood de aniversário. - Tean Malec hahaha
A ultima batalha do Instituo de Nova York: 1989 - A cidade está com uma epidemia terrível, AIDS, e sua amiga e feiticeira de longa data Catarina trabalha na clinica ajudando os mundanos. No meio a esse problema, todos integrantes do submundo estão com medo, e com receio de serem mortos. O famoso e temível Circulo, liderado por Valentim, junto a sua esposa Jocelyn e seus amigos Lucian, Stephen Herondale e o casal Lightwood, Robert e Marlise, ao lado dos demais membros do grupo está  em ação, matando os seres sobrenaturais, mesmo eles não tendo nada contra os acordos de paz.
Magnus durante um ataque ao esconderijo dos licantropes, luta contra o Circulo, em defesa dos seus colegas do submundo. Essa é uma das historias mais legais, pois conseguimos ver o motivo do Valentim armar contra seu amigo Lucian Graymark, no ato em que ele se tornou Licantropo.
Nova York, 1993 - Aqui vemos Magnus e Tessa, recebendo Jocelyn Morgenstern/ Jocelyn Fairchild que vira Jocelyn Fray, com sua filha Clary, pedindo ajuda para que ela não consiga ter a visão, dos seres do Submundo. Ela ao sair do Circulo, após trair Valentim, foge com a menina e a quer proteger dos perigos, e que a mesma não se torne uma caçadora de sombras.
Os rumos do amor verdadeiro (e os primeiros encontros): atualmente - aqui presenciamos o primeiro encontro de MALEC - Alec Lightwood e Magnus. É bem fofa a historia, apesar de muitos desacertos, no final tudo da certo em nome do amor. 
O correio de voz de Magnus Bane: entre Cidade das Almas Perdidas e Cidade do Fogo Celestial - neste conto são as mensagens de voz deixadas no telefone de Magnus, onde todos caçadores de sombras amigos e parentes de Alec tentam ajudar o rapaz, e fazer com que Bane o atenda e volte a se relacionar com ele.
As cronicas de Bane

Se vocês são fãs da autora Cassandra Clare e das suas historias, não podem deixar de ler este livro que já está em minha estante com o resto da coleção que eu amo

Leia outras resenhas literárias já publicadas aqui no blog

Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

1 recado(s):