Destaques

[Resenha] A Probabilidade Estatistica do amor a primeira vista, Jennifer E. Smith

Você acredita em amor a primeira vista ?

Eu sim ! E quando li este livro senti aquela sensação gostosa, de filmes românticos que tem seus finais felizes. Eu sempre me jogo em historias felizes, porque de certa forma contagia, pelo menos para mim é assim. Lendo A probabilidade estatística do amor à primeira vista, da autora Jennifer E. Smith foi assim, com um leitura fácil e gostosa, numa historia juvenil.
 
Resenha do livro A probabilidade estatística do amor à primeira vista da Jennifer E. Smith
Imagem Reprodução - Fonte
O livro amorzinho demais, com muitas citações do livro Nossa Amigo em comum, do autor Charles Dickens.  Li rapidinho, em um dia e amei.
Eu gostei bastante da capa, apesar de achar a vestimenta fora do contexto da historia.
 ________________________________________________________________________
Título em Inglês: The Statistical probability love at first sight
Autora: Jennifer E. Smith - Editora: Galera Record  
Páginas: 224 - Gênero: Young Adult- Ano: 2013
Classificação:
SINOPSE: Às vezes a gente tem um clic e percebe que tudo mudou. Por uma coincidência. Uma fatalidade. Ou algo trivial. Nada será como antes.  É exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. E quatro minutos podem MESMO mudar tudo...
 "Será melhor ter alguma coisa e perdê-la, ou nunca a ter tido ?"

O livro conta a historia de Handley Sullivan, que tem 17 anos,  mora de Nova York e esta sendo obrigada pela mãe a ir a Londres, para o casamento do seu pai, com a nova mulher que a fez largar sua mãe nos Estados Unidos. Ela esta profundamente magoada com seu pai, que foi para a trabalho a Londres, conheceu outra mulher, mais nova, e não voltou. Simples assim, resolveu ficar por lá. O pior é que ela até então não conhece esta nova mulher, mas já não gosta nada dela pois significa o fim de suas esperanças em ver os pais unidos novamente. E vai ser uma das madrinhas do casamento.
Mas o destino é algo incrível, eu pelo menos acredito muito nisso e devido inúmeras coisas que deram errado durante o dia da viagem de Handley, como problemas no vestido fazendo a mãe a ter que arrumar por ultima hora, livro esquecido em casa fazendo a ter que voltar, cortar o dedo ao imprimir a passagem, ficado presa no transito, errar o caminho, rodinhas da mala que emperraram e tudo isso faz com que devido quatro minutos de atraso ela perca o voo. 
Esses quatro minutos a faz ter que trocar de voo, que sairia só a noite, significando que ela chegaria quase atrasada na cerimônia. Neste desacerto, ela acaba conhecendo o britânico Oliver, de 18 anos, que pela sua descrição: "alto e elegante, com os cabelos desarrumados, olhos verdes (..)" é um gato e super educado, coincidentemente estará no mesmo voo que ela, e se sentara na poltrona 18-C, ela na 18-A, mas de novo devido o destino a senhora do meio troca com ele e eles vão a viagem toda conversando e se conhecendo, o que faz para Handley a viagem que teria tudo para ser horrível, ser bem melhor.
Rola uma química forte entre eles, aqueles amo adolescente, confesso que um pouquinho clichê, mas super fofinho. Eles poderiam ter apenas uma daquelas conversas de avião, em que você conta sua vida para um estranho e depois cada um vai para seu lado, para sua vida, sem nunca mais se encontrarem. E após desembarcarem, se beijam {spoiler}, parece que seria assim, nunca mais se veriam e ela não tinha pego nem seu telefone, muito menos sabia seu sobrenome.... Será que eles se reencontram ? Leia e descubra, porque este é o ponto alto da trama. 
O livro além do clima de romance entre Oliver e Handley, também aborda a relação familiar. é bem bonito ver como a relação entre ela e seu pai cresce e amadurece no fim do livro. Também nos leva a pensar sobre os acontecimento do nosso dia a dia pequenas coisas que mudam  os acontecimentos no geral. E Oliver também tem seus problemas e dificuldades familiares, abordados, mas qualquer coisa que eu falar é Spoiler dos fortes rs .
O final tudo da certo, mas me deixou com vontade de quero mais. Acho que ficou um fim rápido, se é que consigo me explicar. Eu fiquei assim: mas acabou ? 
A trama é super tranquila e como já disse, um romance um tanto quanto clichê, mas ainda assim é  uma delícia de ler e indico pra quem quer uma leitura super rápida, pois o livro é pequeno e quer um romance estilo filme da Disney rs. A narrativa é em terceira pessoa, com capítulos  divididos por hora, o que gostei muito para ajudar ao leitor a  saber sobre o tempo passado, visto que as historia toda se passa em apenas 24h. 
Resenha do livro A probabilidade estatística do amor à primeira vista da Jennifer E. Smith
Imagem Reprodução - Fonte
Eu gostei muito, foi uma leitura prazerosa com final feliz, o que gosto muito e indico, quem esta a procura de um romance inocente e juvenil, num livro bem escrito e bem rápido de ler. Não dou nota máxima para o livro, devido como ja mencionado, acabar de forma rápida, sem maiores informações sobre o que acontece depois.  Pra finalizar, desejo que a probabilidade seja correta e que eu também encontre um amor a primeira vista, nestas minha andadas por ai. Um beijo gente

Leia o primeiro capitulo disponibilizado pela editora - aqui
Veja outras resenhas literárias já feitas aqui no blog  >> aqui
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

8 recado(s):

  1. Eu acho esse livro tão fofinho sabe? Achei que foi um livro que não me causou nada muito extremo mas não é aquele água com açucar. É muito amorzinho e a gente lê em um único dia né? Li e nem percebi (fiquei que nem você: ué, já acabou?) <3
    Valeu a pena Esperar | Canal no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei isso Jessica, uma leitura prazerosa, mas nada super fantástico. Até agora não acredito que acaba daquele jeito. Tenho fé que um capitulo se perdeu hahahahaha

      Excluir
  2. Sempre achei a capa linda, tão fofa, mas a história não me chamou tanta atenção quanto a capa (tenho mania de comprar livros pela capa), apesar de acreditar no amor à primeira vista, ainda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, DJ, tudo bem?
    Eu tenho esse livro na versão americana e preciso dizer que a capa brasileira é bem mais bonita.
    Estou lendo ele em inglês e estou bem lerdinha hahahaha
    Mas estou amando a história.
    Peguei ele porque é um livro fácil para treinar o inglês.
    Beijos,

    Hida

    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hida, eu vi e também achei a capa daqui mais fofinha. Menina meu sonho ler um livro em inglês, mas não tenho esse dom hahahahaha

      Excluir
  4. Que lindo seu blog, adorei! *-*

    ResponderExcluir
  5. Nossa amei seu resumo, me cativou a ler o livro, gostei o cuidado que teve pra deixar o leitor na expectativa. Parabéns

    www.euaocubo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Carol. As vezes eu "falo" demais, sempre fico com medo de dar um spoiler que acabe com a historia. As vezes faço mas não é por mal hahahah

      Excluir