Destaques

Vivendo só ...


Sentir-se vazia, sozinha, incompleta e ate mesmo abandonada. Não, não é meu caso, eu escolhi viver assim. Aceito a situação, pra falar a verdade ate gosto. Aprendemos a viver em conjunto, em convívio com os nossos semelhantes, na conhecida sociedade, mas mesmo assim me sinto, excluída, retraída em meu próprio espaço, preferindo o silencio, um livro ou ate mesmo o som TV como companhia fiel. Tendo o maior contado do mundo exterior e das atualidades vindo de um computador velho.
Meus momentos de criações, de mergulhar em meus próprios pensamentos e na minha interioridade. Em casa, onde sei que nada me atrapalhará, pois posso afirmar que não receberei visitas e que nem sequer notam minha presença neste bairro ou nesta cidade. Ate mesmo no trabalho, sou conhecida como a sem amigos e de poucas palavras.
Me perco as vezes em reflexões, tentando recordar o que possa ter me ocorrido, me levando a esta situação. Trauma, tristeza , depressão, desilusão amorosa; Não me recordo, faz tempo que me encontro assim. Mas o que pode ser preocupante e triste para alguns, é um fato que não me angustia em nada. 
Vejo pessoas sofrendo por amores perdidos, e pergunto-me como pode isso acontecer ?! Nós prendermos a existência de um outro ser imperfeito, e que podem de alguma forma nos proporcionar sofrimento e ate mesmo causar danos muitas vezes irreparáveis em nossa auto estima. 
É necessário o conhecimento de nossa própria essência para assim nos encaixarmos na já citada sociedade. Muitas pessoas são retiradas ou excluídas, outras assim como eu preferem.

Vivo assim. Sem ilusões de um futuro imaginário, nem magoas de um passado arquivado. Apenas aceitando a situação de meu presente.